Projetos de leitura

{Projeto Lendo Agatha Christie} Um corpo na biblioteca

Olá, aventureiros!
Hoje tem a primeira indicação de livro do projeto Lendo Agatha Christie. O livro de hoje é Um corpo na biblioteca.

        Essa minha edição foi publicada pela Nova Fronteira. É linda, capa dura e a diagramação é excelente, diga-se de passagem.
Agatha Christie escreveu esse livro em 1942, com o título original deThe body in the libary.
Em mais um mistério para ser desvendado, Agatha Christie consegue prender o leitor do começo ao fim da narrativa. Esse foi o primeiro livro que li onde o detetive não é o Poirot, mas sim uma mulher, a Miss Marple.
Um corpo na biblioteca traz a misteriosa história de um corpo que foi encontrado na casa do Sr. e da Sra. Bentry. Como aquele corpo havia parado ali, ninguém sabia explicar. Desesperada ao encontrar o corpo na biblioteca, a Sra. Bentry foi rapidamente chamar o marido. Ninguém sabia explicar. Nem os funcionários da casa.
      Sra. Bentry teve a ideia de chamar sua amiga, Miss Marple. Ela é uma senhora que sabe desvendar mistérios de uma maneira incrível.E nesse livro não fica diferente. Ela pode ser chamada de detetive amadora.  Continuo preferindo o detetive Poirot, mas gostei bastante da Miss Marple também.
Além de Miss Marple, a polícia local é chamada, obviamente. Começam as investigações.
      A jovem Ruby tinha apenas dezoito anos, bonita e era a mais nova dançarina de uma boate. Era querida por muitos. Tinha vindo para a cidadezinha à convite de sua prima, que também era dançarina.

 “Ruby Keene, dezoito anos, dançarina profissional, um metro e sessenta, magra, cabelos louros platinados, olhos azuis, nariz arrebitado, devia estar usando um vestido toalete branco brilhante e sandálias prateadas.”

     Ruby conquistou o coração de alguns rapazes e de um senhor. Mr. Jefferson tinha um carinho especial pela jovem. Ele havia perdido a família em um acidente aéreo; ficou com sequelas físicas. Ele queria dar um futuro promissor para a jovem Ruby e, por isso, havia incluído seu nome no testamento (o que gerou a revolta de alguns de seus familiares).
Muitas pessoas eram suspeitas de ter assassinado a jovem Ruby. E essa é a parte mais incrível das histórias da Agatha Christie. A cada capítulo eu imagino uma pessoa diferente sendo o assassino; mas dificilmente consigo acertar. Ela tem essa criatividade na escrita, de envolver o leitor até o final da história e surpreendê-lo.
     Um corpo na biblioteca é um romance policial, envolvendo muito mistério e poder. Indico a vocês esse livro… e o final? Ah… o final vocês já sabem! Leiam e descubram… rsrs
     Já leu Um corpo na biblioteca? Vamos conversar! Deixe seu comentário.

     O próximo livro do projeto Lendo Agatha Christie será Assassinato no Expresso do Oriente. Quem está junto comigo?

Fico por aqui! Siga Aventuras na leitura nas redes sociais!

YouTube: http://youtube.com/c/Aventurasnaleitura

Instagram: @aventurasnaleitura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s