Eventos Literários

Profeta Gentileza – POESIA E ARTE

Olá, aventureiros!

Hoje quero compartilhar com vocês uma experiência incrível que aconteceu na última sexta (08/6), na minha faculdade. Foi o XIII Café Literário. Esse ano, o autor homenageado foi o José Datrino, o famoso Profeta Gentileza! Tive a oportunidade de falar sobre ele para a galera que foi à tarde (já que o evento ocorre o dia todo).

José Datrino nasceu em São Paulo e teve uma infância muito humilde junto de seus pais e seus irmãos. Ele sempre dizia ouvir vozes e seus pais ficavam preocupados com isso, levando o menino até guias espirituais.

Veio para o Rio de Janeiro, onde casou-se e teve filhos. Começou a trabalhar no ramo de transportes, tornando-se empresário. Ele continuava ouvindo vozes. Até que um dia, após um dos maiores incêndios que se tem notícia no RJ, em um grande circo em Niterói, ele decidiu abandonar tudo e se dedicar às pessoas e propagar a gentileza.

Por algum tempo, fez das cinzas do circo sua moradia. Levou palavras de conforto às famílias das vítimas. Após um tempo, abandonou o local e viveu como andarilho pelas ruas do Rio.

Levava palavras e gestos de carinho, bondade e gentileza para as pessoas.

Escreveu seus pensamentos em forma de poesia e Arte em 56 pilastras do Caju, pois dizia que queria dar um colorido a um lugar tão cinza.

 

Profeta Gentileza faleceu em 1996. Deixou um legado bonito e será lembrado sempre. Abaixo, algumas frases do peota:

“Não pense em dinheiro. Ele é o capeta. Cega a Humanidade e leva para o abismo”.

“Sou maluco pra te amar, louco pra te salvar.”

“Seja maluco mas seja como eu, maluco beleza, da natureza, das coisas divinas.”

“Eu que não sei escrever ou você que não sabe ler? Conheser é de conhecer o ser, conhecer a si mesmo”.

Capeta vem de origem capital.
É o vil metal
Faz o diabo, demônio marginal.
Por esse motivo, a humanidade vive mal.
Mal de situação,
mau de maldade,
porque o capitalismo é falsidade,
o pranto de toda a maldade,
raiz de toda a perversidade do mundo.
É o dinheiro.”

Tempos depois, as pinturas foram cobertas e o lugar voltou a ficar cinza.   Marisa Monte tinha comentado sobre as pinturas no Caju com Carlinhos Brown e ele pediu para conhecer. Sem saber que haviam coberto, eles chegaram e ficaram indignados. O resultado? Marisa Monte fez uma música chamada Gentileza!

No youtube também podemos encontrar o documentário sobre o Profeta Gentileza, onde ele fala sobre a arte e poesia que criou.

 

Espero que tenham gostado!

Visitem o canal Aventuras na Leitura no Youtube 😉

Abraço!

Kelly Cominoti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s