Resenha

[RESENHA] A NOITE DAS BRUXAS, de Agatha Christie

Olá, aventureiros!

Hoje teremos a resenha da nossa primeira leitura conjunta do projeto #RainhaDoCrime: A Noite das Bruxas.
Escolhi esse livro para dar início ao projeto justamente porque começamos em outubro, mês do Halloween.

Livro: A Noite das Bruxas
Autora: Agatha Christie

Páginas: 233
Editora: L&PM
Onde encontrar: https://amzn.to/32vI44r

A Noite das Bruxas conta a história de uma famosa e tradicional festa de Halloween que acontece há anos em uma cidadezinha.

Dessa vez, a festa aconteceria na casa de Rowena Drake. A festa era voltada para as crianças do bairro. Além das crianças, a maioria das mães também frequentava com seus filhos.

Conhecemos uma personagem bem interessante que é a sra. Ariadne Oliver, que estava hospedada na casa de Judith Butler (não é a filósofa rsrs), já que haviam se conhecido em uma viagem.

Sra. Oliver era escritora de livros policiais, o que me chamou a atenção pela semelhança com a própria escritora Agatha Christie. Será que Agatha se inseriu na história? A ideia foi boa!

Foto por: Kelly Cominoti

Na festa tinham inúmeras brincadeiras tradicionais de Halloween. É importante destacar a brincadeira chamada snapdragon, que era uma brincadeira do período vitoriano que consistia em pegar passas numa tigela em chamas e jogá-las, ainda ardendo, na boca.

Durante uma conversa com algumas mães e a sra. Oliver, algumas pessoas parabenizam o trabalho da escritora. Até que uma menina chamada Joyce confessa ter presenciado um assassinato quando era pequena. Todos ficam chocados com a informação e, logo, algumas mulheres desmentem a menina.

Pouco tempo depois, Joyce é encontrada morta. Tinha sido afogada em um recipiente com água, que fazia parte de uma das brincadeiras.

Sra. Oliver fica desesperada e não pensa duas vezes para ligar para seu amigo Hercule Poirot, que estava em Londres.

Poirot fez silêncio por alguns segundos antes de responder. Sua amiga, a sra. Oliver, parecia bastante exaltada (p. 25).

Sra. Oliver contou toda a história a Poirot, que se prontificou em ajudar a desvendar esse mistério.

Foto por: Kelly Cominoti

Poirot chega à cidade e logo começa a investigação. Descobrimos que aquela cidade, que até então era conhecida por ser calma e tranquila, carregava segredos obscuros.

A princípio, como em todas histórias da Agatha Christie, todo mundo parece suspeito. Mas por fim, eu acabei acertando um dos assassinos antes do final da história.

A Noite das Bruxas não é meu livro favorito da rainha do crime. Gostei da história, da ambientação, mas achei que em determinado ponto, a história acabou se alongando desnecessariamente.

Quem já leu? Me conte o que achou!

Por
Kelly Cominoti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s